domingo, 26 de junho de 2011

Pra viagem: FRIGOBAR

(Foto: David Mafra)

Chega-se ao aeroporto ou à rodoviária. Pega-se a bagagem. Vai-se em busca de um meio de locomoção (táxi, metrô, trem, ônibus, carona, etc.) que nos leve ao nosso próximo destino (hotel, hostel, pousada, casa de amigos, birirí, bororó). A pressa toma conta dos nossos passos. Entramos rapidamente no veículo, acomodamo-nos e acompanhamos o nosso trajeto. Chegamos ao endereço almejado, cruzamos afoitamente a porta e nos dirigimos à recepção, portaria, elevador, escada, etc & tal. Abrimos a porta do cômodo que nos acomodará e, finalmente chegamos ao quarto (às vezes é à sala) que será o local de nosso tão almejado repouso, ufa!


Se estamos num quarto de hotel, olhamos à nossa volta e muito possivelmente encontraremos uma pequena geladeira, ali, discretamente posicionada, simmm, ingenuamente acomodada numa lateral, mas nos convidando de forma sedutora a abrí-la para vasculhar seus compartimentos.
E a pergunta, a fatídica pergunta torna-se clara em minha mente: como que uma geladeira tão pequena pode armazenar produtos com preços tão acima da média?!... Rs.
Este questionamento sempre me perturba. Principalmente porque, invariavelmente, acabo consumindo... E se não tomar cuidado, na hora de fazer o chek out, acabo me arrependendo do excesso cometido, rsrs!


6 comentários:

leila disse...

Frigobar pra mim é como abrir um pacote d presente...sei q sempre tem alguma coisa mágica lá dentro...e acabo sucumbindo...se o preço é alto...vá lá, pago o preço...essas pequeninas coisas dão sabor à vida...Bjs, amore...

David Mafra disse...

É verdade Leilinha, devemos sucumbir e pagar o preços pelas coisas que dão sabor à vida! Bjos

Anônimo disse...

Frigobar é pra mim um lugar para armazenar as compras que faço em um supermercado próximo, ou panificadora, quando após um dia exaustivo de trabalho, estou afim de ficar quieta no quarto do hotel lendo um bom livro ou lendo os e-mails da caixa do e-mail profissional.
Abraços, Liliane

David Mafra disse...

Sabe Liliane, cometo o pecado do "frigobar" no primeiro ou segundo dia, depois disso passo no supermercado próximo e também faço o mesmo que vc.. Abraços

Fernanda Monteiro disse...

Olá David.
Para mim o frigobar é o "auxilio" naquelas horas onde a barriga pede alguma coisa para comer hehehe.
Eu uso um frigobar no escritório. Comprei o meu faz pouco tempo nesta loja http://www.colombo.com.br/produto/Eletrodomesticos/Refrigerador/Frigobar?q=0
pelo fato de perceber a necessidade de ter um.
É uma praticidade em certas momentos.
Beijos!

David Mafra disse...

Bem vinda Fernanda!